teste de visão de cores

 

O TESTE DE VISÃO DE CORES ou TESTE DE ISHIHARA é utilizado para identificar discromatopsias, popularmente conhecidas como daltonismo. São apresentados alguns cartões coloridos ao indivíduo. Eles possuem vários círculos, com cores ligeiramente diferentes, e alguns números no centro dos círculos que apenas o indivíduo com visão normal consegue ver.

 

POR QUE E QUANDO FAZER?


Na maioria das vezes o daltônico leva anos para perceber sua deficiência: como sentir falta de algo que nunca se viu? Estatísticamente, devido a fatores genéticos ligados ao cromossoma X, as mulheres têm muito menos probabilidade de serem daltônicas do que os homens. No entanto, se você acha que chegou a hora de entender se você tem essa deficiência, é bom saber que não há motivo para preocupações: um daltônico pode tranquilamente vencer esta dificuldade. É importante saber que se tem uma limitação para poder lidar com ela. A limitação faz com que criemos soluções para superá-la. Lembrando mais uma vez: só um oftalmologista pode fazer um diagnóstico de daltonismo corretamente.

 

O QUE É DALTONISMO?


É uma condição em que certas cores, principalmente o verde e o vermelho são confundidas. A incidência é de aproximadamente 10% na população masculina e de 0,5% na feminina. É uma deficiência hereditária de transmissão bastante peculiar. Homens daltônicos vão transmitir o gene do daltonismo somente para suas filhas, nunca para os filhos (esse gene está sempre no cromossomo X). As filhas não manifestam nunca o daltonismo mas têm uma chance de 50% de transmiti-lo para seus filhos homens. Portanto, homem daltônico só tem possibilidade de ter netos daltônicos se tiver filhas, que serão sempre, e somente, portadoras. E a possibilidade desses netos serem daltônicos será sempre de 50% (lembra-se da genética?).

Conhecido também como “cegueira para as cores” o daltonismo não é tido como uma deficiência física de grande significado – apesar de dificultar, e muitas vezes impossibilitar, uma série de atividades profissionais e do dia-a-dia. Embora não exista nenhum tratamento, tem-se desenvolvido alguns recursos ópticos para facilitar a identificação das cores.

VOCÊ SABIA QUE É POSSÍVEL REALIZAR UM AGENDAMENTO ONLINE?