presbiopia

 

A presbiopia ou “vista cansada” é uma condição natural associada ao envelhecimento, em que o olho apresenta uma capacidade progressivamente diminuída para focar objetos próximos.

Com visão normal a imagem deve formar-se na retina, por sua vez, no olho com presbiopia a imagem forma-se atrás da retina, provocando problemas de visão ao perto. Esta anomalia é um tipo de erro refrativo.

 

CAUSAS


As causas da presbiopia não são completamente compreendidas. As evidências mostram que a perda de elasticidade do cristalino parece ser a causa mais provável para o problema. As mudanças na curvatura e tamanho do cristalino e a perda de força dos músculos ciliares (músculos que relaxam e esticam a zonula) também são apontados como causas para a presbiopia.

 

SINTOMAS


Os sinais e sintomas da presbiopia começam por fazer sentir-se na fadiga ocular (por vezes, conhecida como “vista cansada”), embora esta expressão esteja associada ao envelhecimento natural.

A dificuldade em ver com pouca luz (baixa luminosidade), dificuldade em focar pequenos objetos ou letras pequenas são outros sinais e sintomas. Geralmente são notados pela primeira vez entre os 40 e os 50 anos de idade, contudo podem acontecer mais precocemente.

A capacidade de focar objetos próximos diminui ao longo da vida. Habitualmente, a dificuldade em ler letras pequenas, especialmente em condições de baixa luminosidade, são um dos primeiros sintomas da presbiopia. Nestes casos, o cansaço visual durante a leitura por longos períodos é frequente.

Confira os sintomas

Manchas na visão de perto e visão turva momentaneamente quando existe transição entre as visões de perto e de longe, também são sintomas frequentes.

Os sintomas de presbiopia, assim como outros defeitos refrativos, tornam-se muito menos visíveis à luz do sol, devido à ação natural da pupila que reduz para um diâmetro menor.

Quando dois erros refrativos existem em simultâneo, por exemplo, presbiopia e hipermetropia juntos, eles podem apresentar queixas de piora da visão de perto e cansaço visual mais precocemente. Ao contrário, caso existam simultaneamente presbiopia e miopia, podem ser benéficos para a visão de perto. Uma vez que o doente consegue ler e escrever com facilidade sem a ajuda de óculos de perto.

Por estas razões é que muitos doentes que padecem de miopia podem ler facilmente sem o uso de óculos ou lentes de contato, mesmo após os 40 anos. Contudo, a miopia não desaparece e as alterações visuais para longe permanecem.

Por estes motivos, corrigir cirurgicamente a miopia pode ser uma desvantagem após os 40 anos de idade. Nesta idade os olhos presbitas perdem a capacidade de acomodar e ver de perto. Assim, caso corrijam cirurgicamente a miopia, será necessário usar óculos ou lentes de contato para visão de perto.

 

FATORES DE RISCO


  • Idade: Todas as pessoas acima de 50 anos irão apresentar presbiopia em algum momento, já que é um processo natural do envelhecimento.
  • Condições de saúde: anemia, diabetes, esclerose múltipla e doenças cardiovasculares podem aumentar o risco da presbiopia precoce.
  • Medicamentos: antidepressivos, anti-histamínicos e diuréticos também podem aumentar a chance.

 

 TRATAMENTO


O tratamento da presbiopia tem como função corrigir o erro refrativo de perto. A correção pode ser efetuada com óculos ou lentes de contato. Também é possível efetuar tratamento cirúrgico para correção da presbiopia.

Algumas lentes bifocais ou óculos progressivos mais recentes visam corrigir simultaneamente tanto a visão de perto como a de longe com a mesma lente. Alguns doentes com presbiopia optam por lentes bifocais ou progressivas para excluir a necessidade do uso de óculos. Sendo este fato uma vantagem para quem tem de utilizar óculos.

As lentes de contato também podem ser utilizadas para corrigir a perda de focagem que aparece com a presbiopia. Existe uma enorme gama de lentes para a correção da presbiopia. Algumas pessoas escolhem as lentes de contato para corrigir um olho para perto e um olho para longe. Esse método se chama monovisão ou báscula, e pode, todavia, interferir com a percepção de profundidade (estereopsia).

A cirurgia para correção da presbiopia tem sofrido ao longo dos tempos várias tentativas de aperfeiçoamento. Na correção da presbiopia, a melhor opção cirúrgica é, na atualidade, a cirurgia facorefrativa (facoemulsificação com lentes premium – multifocais). Este método, na atualidade, é a cirurgia de eleição, corrigindo em simultâneo os erros refrativos de longe e de perto.

você sabe como é feita a cirurgia dessa doença?

VOCÊ SABIA QUE É POSSÍVEL REALIZAR UM AGENDAMENTO ONLINE?