Doenças Oculares

Vias lacrimais

  O tratamento das vias lacrimais aborda as disfunções da drenagem da lágrima, suas alterações ou infecções (dacriocistite aguda ou crônica). O canal lacrimal conecta as pálpebras ao nariz por meio do ducto nasolacrimal e é responsável pelo escoamento da ...

Tumores Palpebrais

Nas pálpebras podemos encontrar diversos tipos de tumores, tanto malignos como benignos. Os malignos tem crescimento rápido, acometem geralmente pessoas mais idosas e podem apresentar ulcerações, vasos sanguíneos pequenos, coceira, sangramento, deformidades locais e perda de cílios. Os tumores malignos ...

Retinopatia Diabética

  A retinopatia diabética (RD) é uma doença que afeta os vasos da retina, região do olho responsável pela formação das imagens enviadas ao cérebro. O aparecimento da retinopatia diabética está relacionado principalmente ao tempo de duração do diabetes e …

Ptose Palpebral

  Dizemos que o paciente tem ptose palpebral quando a pálpebra superior está em uma posição mais baixa que o normal. Pode acontecer em uma ou em ambas as pálpebras. Pode ser congênita (estar desde o nascimento), ou adquirida (aparecer ...

Pterígio

  O Pterígio, popularmente chamado de “carne no canto do olho”, consiste em uma lesão benigna causada pelo crescimento fibrovascular de um tecido conjuntival  em direção à córnea. Sua denominação vem do grego pteron (asa) como referência ao seu formato ...

Presbiopia

  A presbiopia ou "vista cansada" é uma condição natural associada ao envelhecimento, em que o olho apresenta uma capacidade progressivamente diminuída para focar objetos próximos. Com visão normal a imagem deve formar-se na retina, por sua vez, no olho com presbiopia a imagem ...

Miopia

  A miopia é um erro refrativo no qual a imagem dos objetos no olho é focada incorretamente, isto é, os objetos são focados à frente da retina, fazendo com que a visão dos objetos distantes pareça turva. O míope ...

Hordéolo

  O hordéolo, conhecido também como “terçol” ou “bonitinho” é uma infecção das glândulas da pálpebra, habitualmente provocadas pela bactéria Staphylococcus aureus. O hordéolo pode acometer a parte interna ou externa da pálpebra superior ou inferior. Essa doença manifesta-se como um nódulo …

Hipermetropia

  A hipermetropia é um erro de refração que faz com que a imagem seja focada atrás da retina. Dessa forma, a capacidade refratária é alterada em relação aos olhos com visão normal. A hipermetropia causa dificuldade para enxergar objetos próximos e principalmente para leitura ...

Herpes Ocular

  Grande parte da população desconhece que além da Herpes Labial e da Herpes Genital, existe também o Herpes Ocular. Essa infecção é mais comum do que parece e pode ser muito grave. Herpes ocular é uma infecção no olho causada …

Glaucoma

  Doença ocular causada principalmente pelo aumento da pressão dentro do olho (chamada de pressão intra-ocular - PIO). Essa elevação da pressão, provoca lesões no nervo ótico, e como consequência, o comprometimento da visão que, se não tratado adequadamente, pode levar ...

Estrabismo

  É um distúrbio que afeta o paralelismo entre os dois olhos, que apontam para direções diferentes. Ele pode ser classificado em convergente (esotropia), quando um ou ambos os olhos se movem para dentro, na direção do nariz; em divergente …

Ectrópio ou Entrópio

  São alterações anatômicas da bordas palpebrais que podem estar viradas para fora (eversão), chamada de Ectrópio, ou para dentro (inversão) em direção ao globo ocular, denominado Entrópio. Os sintomas do entrópio são mais pronunciados do que no ectrópio pelo fato de ...

Descolamento de Retina

  A retina é uma membrana muito fina, flexivel e delicada que reveste a superfície interna da parte posterior do globo ocular. Na retina o estímulo luminoso é transformado em estímulo nervoso, enviando este sinal ao cérebro, através do nervo óptico, …

Dermatocálase

  A dermatocálase (dermato = pele, calase = frouxidão, flacidez) ou blefarocálase é o nome técnico dado ao excesso de pele nas pálpebras que ocorre nas pessoas com o avançar da idade. O surgimento da dermatocálase é um processo natural ...

Conjuntivite

  A conjuntivite é uma doença ocular que causa inflamação da conjuntiva, uma membrana transparente e fina que reveste a parte da frente do globo ocular e a parte interna das pálpebras. A conjuntiva é altamente vascularizada; aqueles pequenos vasos …

Ceratocone

  É uma doença ocular não inflamatória que afeta o formato e a espessura da córnea, provocando a percepção de imagens distorcidas. Na sua fase inicial, o ceratocone apresenta-se como um astigmatismo irregular, levando o paciente a trocar o grau com frequência ...

Catarata

  Doença ocular extremamente comum, principalmente nos idosos. É provocada pela opacificação (perda da transparência) parcial ou total do cristalino, a lente natural dos nossos olhos. Pessoas com catarata apresentam a visão nublada, como se olhassem por uma janela embaçada ...

Calázio

Calázio é um pequeno cisto ou nódulo, tipicamente entre 2 e 8 mm, com um aspeto de "inchaço ou caroço na pálpebra”. Pode desenvolver-se na pálpebra inferior ou na pálpebra superior, embora seja mais frequente na superior. O calázio pode ...

Blefaroespasmo

  O blefaroespasmo é uma doença causa pela contração muscular involuntária mais frequente e vigorosa dos músculos responsáveis por fechar os olhos, podendo chegar à cegueira funcional, pois o paciente não enxerga por não conseguir simplesmente abrir os olhos. Ocorre ...

Blefarite

  É a inflamação da parte externa das pálpebras. Alguns de seus sintomas são vermelhidão, ardência, produção excessiva de lágrimas e acúmulo de secreções nos cílios. Se manifesta mais comumente de forma crônica, mas também pode ser aguda. Blefarite pode …

Astigmatismo

  O Astigmatismo é um erro refrativo comum no qual o olho não foca a luz uniformemente sobre a retina (tecido sensível à luz na parte de trás do olho). Caracteriza-se por um efeito óptico resultante de uma curvatura desigual ...

VOCÊ SABIA QUE É POSSÍVEL REALIZAR UM AGENDAMENTO ONLINE?